Gerais

650 jovens participaram do Diálogo sobre Gestão Escolar no Ceará

1 agosto 2017

Entre os dias 24 e 26 de julho, aconteceu em Fortaleza o Diálogo sobre Gestão Escolar, evento que tem como objetivo incentivar a participação dos jovens na gestão escolar para melhorar a aprendizagem. Participaram 650 estudantes e 150 gestores de escolas da rede pública do estado.

A programação contou com atividades interativas como a Cartografia Afetiva, metodologia que propõe identificar os sentimentos e representá-los no mapa dos espaços físicos da escola, a produção de cartazes, fanzines, vídeos, músicas e esquetes teatrais. Além de momentos para debate. A ideia era que os jovens saíssem do Diálogo dispostos a participarem mais da gestão de suas escolas.

Ana Júlia Fernandes Vieira, estudante do 3ª ano do Ensino Médio na escola Professora Diva Cabral, de Fortaleza, participou do Diálogo de 2016 e voltou neste ano como facilitadora- jovem que auxilia os educadores a conduzir as dinâmicas com os estudantes. Ela contou que ao sair do primeiro Diálogo se sentiu estimulada a implementar o grêmio e a participar do conselho escolar. “Entrei em tudo o que eu podia”, disse a garota que sonha em ser médica.

Djalma Lucas Mendes também voltou como facilitador. O estudante do 3ª ano na escola Manoel de Castro Filho, localizada na cidade Quixeré, relatou que revitalizou o grêmio que estava parado há mais de dois anos. “Agora quero fazer as oficinas na minha escola, o mapeamento. Quero procurar meios para que todos percam o medo de se comunicar”.

A comunicação dentro da escola foi algo recorrente na fala dos jovens. “O aluno sempre tem voz, mas nem sempre tem vez. Queremos a voz e a vez”, disse Kaliane Gonçalves, estudante da 1ª série do Ensino Médio na escola Dom Francisco de Assis Pires, em Ipaumirim.

O diretor da escola Mário Hugo Cidrack do Vale, em Fortaleza, Stelio Rubens de Souza Nogueira, participou do segundo dia do Diálogo e decidiu realizar rodas de conversa e a escutar mais os alunos. “O momento está muito construtivo para entender que o aluno precisa participar da gestão escolar”, comentou.

Os jovens que participaram pela primeira vez do evento começaram a fazer planos logo após as dinâmicas de expressão artística. A vice-presidente do grêmio da escola Olegário Abreu Memória, localizada em Nova Russas, Karla Vitória de Sousa Lourenço, quer fazer um correio elegante educativo. “As pessoas usam o correio elegante no Dia dos Namorados, mas a gente vai usar para educação. Vamos transportar mensagens de democracia, de política, informações precisas para aqueles colegas que não possuem muito acesso”, explicou a estudante do 2º ano. “Esse correio elegante já é feito em outras escolas”, completou.

Segundo Natália Aisengart, responsável pelos Diálogos sobre Gestão, do Instituto Unibanco, a expectativa é que cada participante replique as atividades realizadas durante o evento para que seja garantida a continuidade da reflexão no cotidiano das escolas. “Todos recebem um pen drive com tudo o que foi feito durante o dia e com o passo a passo das oficinas. Além do kit da cartografia que funciona como um quebra cabeça”, disse Aisengat.

O secretário estadual da educação do Ceará, Idilvan Alencar, compareceu ao evento e conversou com os estudantes sobre a importância de se engajarem com o dia a dia da escola. “Não tem nada mais importante que os estudantes se preocuparem com a sua aprendizagem. E esse é um momento inédito no Ceará. Normalmente o estudante é o objeto de políticas públicas e aqui eles estão fazendo parte da construção”, destacou.

O educador João Américo, que liderou a atividade de fanzine com os gestores, defendeu a importância da arte para que estudantes, professores e diretores possam ver a escola para além da sala de aula. “A arte proporciona o sentimento, a reflexão. A arte é a ponta do caminho”.

A participação dos gestores foi uma das novidades deste ano. “No primeiro Diálogo alguns diretores comentaram que os alunos voltaram com vontade de participar da gestão. A partir disso, veio a criação dos grêmios. Agora que os gestores puderam participar [do Diálogo], acho que vai fortalecer a gestão compartilhada”, contou Régia Maria Carvalho Xavier, articuladora da gestão escolar da SEDUC (Secretaria Estadual da Educação do Ceará).

Essa é a segunda edição da série de Diálogos sobre Gestão Escolar que percorrerá os Estados participantes do Jovem de Futuro, projeto realizado pelo Instituto Unibanco em parceria com as Secretarias da Educação do Ceará, Espírito Santo, Goiás, Pará, Piauí e Rio Grande do Norte . A estimativa é que ao final, tenham participado, entre estudantes e gestores, cerca de 3.700 pessoas.