Instituto Unibanco e Secretaria de Estado de Educação do Pará promovem evento com jovens do Ensino Médio em Belém

A Secretaria de Estado de Educação do Pará, com o apoio do Instituto Unibanco, realizará no próximo dia 19 de outubro (quarta-feira) o “Diálogo sobre Gestão”, evento que reunirá 200 estudantes de Ensino Médio da rede pública do Estado. O objetivo do encontro é incentivar a participação juvenil na gestão escolar para resultado de aprendizagem e ampliar o diálogo com jovens. Os alunos estudam nas escolas integrantes do projeto Jovem de Futuro, uma iniciativa do Instituto Unibanco desenvolvida em parceria com as secretarias estaduais de Educação nas escolas públicas do Ensino Médio para o aprimoramento contínuo da gestão escolar orientada para resultado de aprendizagem.

Com o intuito de promover o engajamento desses jovens na gestão de suas escolas, o evento terá uma programação, com duração de oito horas, dividida em três momentos: exposição, reflexão e expressão. Na primeira etapa os jovens participam de uma apresentação sobre Gestão para Resultado de Aprendizagem (GEpR), o modelo de gestão do projeto Jovem de Futuro. No segundo momento é exposta a metodologia de cartografia que irá apoiar os jovens a promoverem uma reflexão em grupos sobre a gestão da escola; e na última etapa, eles ilustram seus sentimentos e expectativas em relação ao ambiente escolar e à gestão por meio de atividades artísticas e de escrita, como a produção de fanzines, cordel, cartazes, rap e até produção de rádio e vídeo.

“Queremos com o evento saber como o jovem se vê implicado na gestão da escola e mostrar qual o seu papel nesse processo. Queremos escutar o jovem e fazer com que ele se veja corresponsável na gestão escolar”, explica Tiago Borba, gerente de Planejamento e Articulação Institucional do instituto Unibanco. “Nossa expectativa é que eles voltem para as suas escolas e participem para os colegas, professores e diretores o que vivenciaram no evento. Queremos que eles sejam multiplicadores e possam, no futuro, ser facilitadores dessa metodologia em desenvolvimento”, completa Borba.